Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Segredo revelado

Segredo revelado

28.02.09

mais vale uma mão inchada...


segredo_revelado

em época de crise assistem-se a dois diferentes tipos de acontecimentos no que toca a trabalho ou falta dele. há quem perca o seu emprego e lute por voltar de novo ao mundo do trabalho e há também quem, em tempos de crise, tenha que trabalhar muitas mais horas para tentar ganhar uns trocos extra .

penso eu que se alguém tivesse que escolher entre estas 2 hipóteses, a maioria das escolhas recaía sobre ter que trabalhar muito mais horas. é com certeza muito mais agradável ter que trabalhar que nem uma ''mula'' de carga, do que não ter trabalho, nem dinheiro para pôr comidana mesa.

ora, hoje tomei conhecimento de um estudo que pode fazer muitas pessoas reconsiderarem a sua atitude perante o trabalho. este estudo foi feito por cientistas finlandeses e indica que excesso de trabalho pode aumentar o declínio mental e em casos extremos pode levar a situações de demência.(quem quiser ler»»»http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/02/090225_trabalhodemenciafn.shtml)

demência é uma palavra  que descreve a deterioração de funções como memória, linguagem, orientação e julgamento. um exemplo de um dos vários tipos de demência é a doença de Alzheimer.

este estudo incidiu sobre funcionários públicos britânicos de meia idade. de acordo com o estudo, aqueles funcionários que trabalhavam mais de 55 horas semanais tinham menos habilidades mentais que os que faziam o horário normal.

resumindo, as conclusões do estudo foram  que o excesso de trabalho pode mais facilmente levar ao desenvolver de doenças cardíacas, depressões , dificuldades em dormir e aumento do consumo de bebidas alcoólicas.

ora, depois de ter tomado conhecimento de todos estes factos, só hoje fiquei a perceber os nossos funcionários públicos Portugueses. na verdade eles não são tão preguiçosos e ineficientes como parecem. eles estão é a prevenirem-se de ficarem dementes antes da idade da reforma. exageram é no empenho com que se previnem! um bocado mais de rapidez no atendimento não lhes causava maior demência mental do que a causada pela falta de aumentos na função pública(se nalgum momento lerem púbica em vez de pública , a culpa não é minha , mas sim do teclado chinês que está marado).

falando por mim, e penso que por muitos milhões de Portugueses, eu é que quase fico demente, de cada vez que tenho que recorrer a um organismo público. uma lentidão enervante no atendimento, vozes monocórdicas, caras de quem está enjoado,... deixam-me passado dos carretos.

a bem da nossa saúde mental e da dos funcionários públicos deste país , vamos tentar nem entrar em qualquer organismo público , de modo a não contribuir para o aumento de volume de trabalho e possiveis consequencias mentais que daí podem surgir.

desconfio que desde  Abril de 1974 que os nossos governantes politicos e os membros VIP do jet7 nacional já sabiam dos maleficios do excesso de trabalho.  eles desde 74 que dão ideia de não fazerem  nada de muito trabalhoso. imagino que seja para evitarem ficar dementes.

assim que este  estudo tenha uma maior e mais eficiente divulgação a nivel nacional , vai ser uma óptima justificação plausivel que qualquer um de nós vai poder apresentar naqueles dias em que não há vontade de ''fazer a ponta de um corno''.

a sabedoria popular é uma coisa infinita e que muitas vezes diz com palavras usadas pelo ''Zé povinho'' , o mesmo que uns senhores doutores cientistas Filandeses vêm agora dizer.

desde há centenas de anos atrás que já o ''povinho'' , habituado a excessos de trabalho e a dar cabo do ''coiro'' a trabalhar, dizia que ''mais vale uma mão inchada do que uma enxada na mão''. todos aqueles que disseram isso estavam certos e nunca foram cientistas.

antes de ter lido as conclusões deste estudo sobre o excesso de trabalho eu escreveria aqui um enorme post. agora que já sei os maleficios de trabalhar demais e sabendo a trabalheira que me dá escrever todas estas letras, vou mas é prevenir a minha saúde mental e parar de escrever antes que me canse.

antes disso só quero partilhar convosco a versão actualizada do ditado popular '' não guardes para amanhã  aquilo que podes fazer hoje''. se esse ditado popular fazia sentido no passado , antes da publicação deste estudo,, agora além de estar desactualizado também incentiva a prática de maus hábitos de saúde e vida. na minha opinião deviam actualizar o ditado popular para :'' faz amanhã e depois, com muita tranquilidade, tudo aquilo que podias fazer hoje em 2 horas apenas.'.

portem-se bem e não trabalhem muito.olhem pela vossa saúde. quem vos avisa vosso amigo é!!

 

 

 

 

segredo revelado: na minha vida conheçi  pessoas que  sempre trabalharam no duro desde tenra idade e que conseguiram  estar no pleno uso das suas capacidades mentais até morrerem de velhice. se  seguir a lógica do estudo Finlandês, será que essas pessoas devem ser consideradas '''anormalidades estatisticas'' ??! felizmente há muita gente a ter uma vida profissional muito activa e a não padecer de demências por excesso de trabalho.

no que diz respeito a trabalho, acho que não devemos ser o 8 nem o 80. não devemos fugir às responsabilidades e necessidades que nos fazem ter que trabalhar, mas também não devemos ser uns ''escravos'' do trabalho, pois há uma familia, amigos e descontracção que nos esperam fora do horário normal de expedinte.

o ideal seria que cada um de nós pudesse ser resultado duma mistura entre a cigarra mandriona e a formiga viciada no trabalho, personagens que já quase todos lemos na história infantil.

 

 

25.02.09

Nunca estamos feitos, vamo-nos fazendo…


segredo_revelado

 

 há umas semanas atrás surgiu-me a ideia de convidar algumas pessoas amigas para escreverem um texto que eu publicaria aqui.amadureci a ideia (quase até apodrecer) e lançei o repto a alguns potenciais autores de textos dignos de um Nobel ou de um Pullitzer, que por um ou outro motivo me quiseram fazer crer que o melhor que escreviam era quando assinavam os cheques chorudos para pagar jóias e férias em paraísos tropicais( quase todos pertencem ao jet7, jet8,jet lag ou jetski).

depois de alguma insistência, persistência e coerção fisica, lá consegui convencer uns quantos. às pessoas que convidei deixei a escolha do tema sobre o qual iriam escrever, assim como a escolha do tamanho do texto (é mesmo verdade que o tamanho não tem assim tanta importância como lhe é dada).

bem!! chega de criar mais suspense. ...

rufem os tambores...

abra-se a cortina..

e eis aqui postado já de seguida, o primeiro dos textos escrito por uma das pessoas que convidei. o autor deste post assina com o pseudónimo kuska.

espero que gostem tanto como eu.

 

Nunca estamos feitos, vamo-nos fazendo…

 

- “Fiquei a pensar na tua frase.”

- “Qual?”

 

- “Aquela ali, de há pouco.”

- “Realmente, epá… também gostei! Parecia uma gaja com conteúdo agora…”

 

(…)

 

Há quem queira estar feito, sem modificar uma vírgula, sem acrescentar um ponto à sua história. Não é o meu caso! Eu cá não quero estar concluída, acabada. Quero ser um texto, cujos parágrafos se vão redigindo a cada dia, que vai sendo melhorado, corrigido, reformulado. Quero ser como um rascunho aspirante a versão final, pois assim não fico arquivada num dossier qualquer, mas terei sempre a atenção daquele escritor persistente que deseja concluir a sua obra. Estarei nas suas mãos, que procurarão sempre dar-me um último retoque, compor aqui, modificar ali…

Às tantas já fui a versão final, mas, mudam-se os tempos, mudam-se as letras. O passo apressado da vida também nos faz ler de forma diferente. Sim, o velhote de sessenta anos passou a homem novo; o cota que passava a vida na “night” com o pipo encostado ao balcão a “micar” as moçoilas é, afinal, o gajo da minha idade, que sai apenas para beber um copo e aproveita para “lavar as vistas”; a vida toda pela frente resume-se a uns anos, e, se a minha for longa, estou já a meio caminho! Talvez por isso, esta sede de VIDA, o desejo de mais, de me superar, de me ir construindo um pouco todos os dias. Afinal, sou produto humano inacabado…

 

 

 

 segredo revelado: apesar do texto não ser da minha autoria, concordo e subscrevo por baixo o principio defendido pelo texto.

até ao dia da nossa morte somos seres em constante formação. é certo que à medida que avança a idade e devido a sermos ''animais'' de hábitos, ficamos menos permissivos a mudar.já há muito que deixámos de ser aquelas crianças que cresceramm moldadas pelas palavras e actos de outras pessoas(pais, irmãos, amigos, profs, vizinhos..) que nos queriam ''fazer'' Homens e Mulheres com determinadas crenças e principios ,que são as que eles defendiam. 

ainda bem que nunca estamos feitos definitivamente, pois esse constante renovar daquilo que fomos ou somos permite que se construa sobre o nosso ''eu'' de há um mês ou de há um dia atrás, um novo 'eu''.

kuska, obrigado por partilhares  estas tuas ideias comigo e com todos os que venham a ler este post . quiçá ,ao ler este teu texto ,algo  mude e faça  nascer em nós um novo ''eu''.

beijocas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

21.02.09

''chico esperto''


segredo_revelado

não deve haver por esta Europa fora povo mais chico esperto que o povo Português!

é uma característica que parece que nos está gravada nos genes. por muito que tentemos fugir , mais dia, menos dia, acabamos por fazer uso dela.

o chico espertismo pode-se encontrar  de Norte a Sul de Portugal continental, ilhas e em qualquer lugar do Mundo onde habitem portugueses.

somos um povo tão chico esperto ,que já há mais de 500 anos começámos a sair de Portugal para ir descobrir outros países onde se pudesse viver.

logo desde bebés que fazemos uso do nosso chico espertismo. quando temos fome e ninguém se lembra de nos dar comida, chicos espertos como somos , começamos a chorar num berreiro desalmado, até que nos metam a mama na boca. já diz o provérbio popular que quem não chora também não mama.

à medida que vamos crescendo vamos apurando o nosso chico espertismo. quando a comida deixa de ser proveniente apenas da mamoca da mãezinha e nos começam a impingir coisas que não gostamos , é altura de dar bom uso ao chico espertismo. experimentem tentar fazer com que um puto coma algo que não aprecia muito e vão ver como ele é chico esperto. há a velha táctica de fazer um choradinho até terem pena de nós e nos preparem um belo bife com batatas fritas( e aflitas por irem ser comidas). outra técnica que consta do manual da chico espertice é fingir que se está doente e não há apetite. quem obriga um anjinho inocente e doente  a comer?!! só uma pessoa muito cruel faria isso. depois há a técnica que gosto mais...a técnica do vómito.puxar vómitos até que tenham a sensata decisão de não nos forçar a comer, antes que vomitemos e depois se tenha que limpar vomitado. metade dos actores dos Morangos com Açúcar usou esta técnica.

a fase em que se entra na escola é recheada de chico espertice. se não se sabe bem a tabuada, então conta-se pelos dedos.se não se fez os tpc por estar a jogar à bola , então mostra-se a canela toda negra e diz-se que foi um dói dói a ajudar os pais ,que doeu tanto que nem deu para fazer tpc. quando os pais perguntam como vão as notas diz-se que vão razoáveis, omitindo que há 5 negas em 6 disciplinas. quem não quer ter negas tem bom remédio. basta ser chico esperto e fazer cábulas ou copiar pelo teste do colega ''crânio'' que tem as melhores notas da turma.importante não esquecer que nos trabalhos de grupo há que ser chico esperto e deixar que os colegas trabalhem mais que nós.

na adolescência começam os namoricos e usa-se cada vez mais o chico espertismo. a partir do momento em que uma ''dama'' nos desperta  interesse há que saber ser esperto para a conquistar. pede-se a um amigo que lhe escreva um poema , que lhe entregamos como sendo nosso. subornamos com pastilhas o irmão mais novo dela , para nos dar uma ajudinha.se por acaso a melhor amiga dela gostar de nós , então '''colamo-nos'' a ela para chegar mais perto da moçoila de quem gostamos. se já se for mestre de chico espertice pode ser que até se consiga ''curtir'' com uma de manhã e com outra de tarde, sem que elas descubram.

 na vida adulta somos uns craques no uso e abuso do chico espertismo. para começar , quem não quer ir trabalhar porque quer ir de férias pede um atestado médico que comprove em como está muito doente com uma crise de pé chato ( chato em homenagem ao chefe).

um chico esperto safa-se bem na politica por ser muito versátil e não ter pejo em usar ''cunhas'' para se favorecer a si ou a amigos.

 o chico esperto que mais me irrita é o chico esperto que tenta avançar nas filas das repartições públicas. já não basta as horas que passamos à ''seca'', a esperar, e ainda por cima há sempre um ''camelo'' que quer avançar na fila por se achar mais chico esperto que os outros.

no trânsito somos uns ases de chico espertice. se há fila, usa-se o corredor BUS. se o sinal está vermelho avança-se na mesma e fazemos os outros desviarem-se de nós.  se a PSP manda parar por excesso de velocidade e nos pede documentos , dizemos que não os temos connosco e damos nome de alguém( lá vai o avô de 89 anos pagar mais uma multa).

chico esperto que é chico esperto foge do casamento como o diabo da cruz.. usam frases do tipo: '' ó mor, casamos quando a crise passar.'', ou então '' ó mor , casar contigo só quando a tua irmã ''encalhada'' também casar com o Ronaldo''.chico espertismo a quanto obrigas!!

no trabalho, o chico esperto tenta enganar e tramar o patrão, não fazendo ''ponta de um corno'' , mas parecendo que faz.. quando o chico esperto é o patrão tenta , de mil e uma maneiras, enganar os clientes. vende material em 2ª mão ao preço de novo. faz reparações e cobra o dobro do preço daquele que era o justo.

há concerteza muitos mais exemplos de como o Português é um grande chico esperto mas não tenho tempo para escrever 5 páginas.

 

 

 

 

segredo revelado: não fosse o povo português tão chico esperto e já Portugal teria sido anexado pela Espanhate nosso país. 
 o chico espertismo fomenta a criatividade e desde que não prejudique gravemente ninguém é um motor do avanço deste nosso Portugal.

 

21.02.09

máscaras invisíveis


segredo_revelado

já compraram a máscara para irem ao desfile de Carnaval? esta é uma época festiva em que os gostos das pessoas se manifestam muitas vezes em lados opostos de opinião. há aqueles que adoram Carnaval , mas depois existem quase outros tantos que detestam.

é fácil perceber o ponto de vista de quem goste de brincar ao Carnaval. há diversão e boa disposição. podem-se ''encarnar''  personagens que são muito diferentes de nós próprios. à partida para um desfile de Carnaval já há uma predisposição para sorrir e brincar. se formos a ver o ar descontraído e feliz dos figurantes  e do público dos corsos carnavalescos ninguém diria que estamos no meio de uma tempestade financeira que está a levar muita gente ao sufoco.

lançam-se serpentinas como quem lança uma pedra a esse grande charco de água estagnada  que é a nossa situação económica; pega-se na pistola de água convictamente como se fosse igual a segurar nas mãos o nosso destino; pregam-se partidas aos outros e imagina-se que pregamos partidas à vida que nos prega partidas a nós...

por outro lado, há os que não gostam deste ambiente descontraído e acham que Carnaval é igual a brincadeiras exageradas. muitas das pessoas que não gostam doCarnaval  são aquele tipo de pessoas que não sabem divertir-se e então não gostam de ver outros a divertirem-se. se por acaso lhes cai uma serpentina no cabelo , fazem logo um ar enjoado à ''mete nojo'' ,enquanto vão dizendo umas palavras de desagrado.

por estranho que possa parecer , tanto os que gostam de Carnaval, assim como os que não gostam , têm um ponto em comum. ambos usam máscaras durante o ano inteiro!! qualquer um de nós, por muito sincero que seja,já usou nalgumas vezes máscaras que não se conseguem ver, mas que mostram uma imagem diferente da que temos na realidade.

lobos vestem pele de cordeiro; inimigos dão-nos sorrisos de ocasião; apaixonados que traiem; tristes a sorrir; ofensores a fazerem de ofendidos e muito mais.

há um número imenso de exemplos de pessoas que andam mascaradas 365 dias por ano, sem que alguém veja o elastico que segura a máscara que nos mostram.

nós próprios também usamos essas máscaras invisiveis , naqueles momentos em que não somos honestos para os outros , ou connosco mesmos.

uma das ocsiões em que mais vezes usamos máscaras é quando nos perguntam como estamos nós e nós respondemos que estamos bem, mesmo quando nos sentimos na ..erda. usamos máscaras para nossa protecção e para nossa ilusão, esquecendo que algumas das vezes alguém  faz exactamente o mesmo quando está connosco.

apesar de invísiveis, também estas máscaras podem ser mais ou menos bonitas. algumas são simpáticas e fofas, ao passo que muitas delas são assustadoras.

o Carnaval são só 3 dias , mas as máscaras invisiveis são inegostáveis e podem ser usadas muitos dias durante um ano.

 

 

 

 

segredo revelado: pelo menos quando é Carnaval temos a vantagem de não ter dúvidas sobre quem usa máscaras. basta estar atento aos elásticos. por esse motivo e pela alegria caracteristica da época , sou um dos que gosta de Carnaval. 

 

20.02.09

é Carnaval.ninguém leva a mal!


segredo_revelado

um dos assuntos mais falados da actualidade nacional é a proibição, por parte do Min. Público, do uso de imagens consideradas pornográficas, numa sátira ao computador Magalhães. muita tinta tem corrido à custa dessa decisão.

ao contrário da tendência generalizada de que a decisão da juíza peca por exagerada e algo ridícula, eu concordo!! acho muito bem que se tomem decisões destas entrando também no espírito folião que caracteriza o Carnaval! difícil deve ser decidir algo que afecte a vida de uma pessoa. agora decidir sobre uma brincadeira até eu fazia isso!

cá para mim ,esta decisão teve um objectivo educativo para todos nós que não chegámos a viver antes do 25 de Abril de 1974. o objectivo é dar-nos uma pequena ideia de como funcionava  a censura praticada pela PIDE. o lápis azul , tão em voga na época, caiu em desuso, mas foi substituído por um outro lápis incolor ,mas que censura também muito bem.

 cada vez percebo menos porque dizem que a Justiça Portuguesa é demorada. este caso é a prova provada de que até nos podemos orgulhar da rapidez da Justiça. talvez alguém tenha esperado uma decisão que o levasse a ser liberto, mas que raio importa isso?! é até muito provável que algum mandato de detenção não tenha sido assinado, mas que nos importa que um bandido seja preso?!! importante mesmo, é proibir o uso de imagens consideradas pornográficas.

afinal de contas que imagens eram usadas?!! será que usaram imagens de sexo explicito?

parece que não! e se não era esse o caso, então aconselho a proibirem ou censurarem os canais de tv, as revistas e jornais, as rádios e qualquer um , ou uma, que tenha a ousadia de sair de casa com alguma parte do corpo exposta a olhos sensíveis.

será que o nosso Min.Público toma por ''anjinhos''' as crianças que tanto procurou proteger??! anjinhos até podem ser. idiotas é que não são. a maioria das crianças que iria estar exposta ao Magalhães versão  já se encontra muito bem educada sobre sexo e anatomia depois de frequentar as aulas de Ed. Sexual.

ups...ups...ups! esta minha cabeça até se esquece que a maioria dos jovens não tem a disciplina de Ed.Sexual, assim como o Governo prometeu. mesmo sem Ed. Sexual alguém acha mesmo que um jovem se ia sentir chocado por ver imagens de modelos em bikini?! opá para verem isso basta irem à praia em Agosto(brevemente vai ser proibido o uso de bikini  na praia ). ou então basta que continuem a ver cenas porno nas televisões e por todo o lado onde passem.os pudicos parece que se esqueceram que hoje em dia, ao contrário, dos dias de ditadura, as crianças todas já sabem como nascem os bebés e já nenhum acredita na cegonha que trazia bebés de Paris.

até ao dia do desfile de Carnaval não me admira nada se mandarem amputar o testículo de um boneco que representa Cristiano Ronaldo. o Ronaldo apresenta fora dos calções. um dos seus testículos, além de se mostrar duma maneira que faz parecer que tenha levado uma bolada no baixo ventre e tenha ficado inchado.

é Carnaval e ninguém devia levar a mal (a tradição já não é o que era) estas brincadeiras que satirizam  sem ofender.

 

 

 

 

segredo revelado: gostava de ver toda esta rapidez judicial, usada na tomada desta decisão,  no processo Casa Pia, no caso Vale e Azevedo e  também no caso Freeport, casos que se arrastam há anos.

 
 

20.02.09

selva urbana


segredo_revelado

a selva já não é habitada por feras

o Homem é o novo rei leão,

traiçoeiro... ataca quando menos esperas

crava-te as garras no coração..

enterra-as bem fundo

e sente prazer com o sofrer alheio

pois quando espezinha sente-se dono do Mundo

mentir, roubar ou matar  são brincadeiras de recreio

cada vez desce mais fundo

o Inferno a poucos passos de distância

já desistiu de procurar a redenção

o Amor perdeu muita da sua importância

abre-se um buraco no peito e não se vê um coração.

cada vez mais frio como pedra da calçada

ignorando quem passa a seu lado

emociona-se com pouco ou nada

é um robot gelado.

 

 

 

 

 

 

19.02.09

Engano


segredo_revelado

vocês não detestam quando se apercebem que se enganaram? errar é humano, mas há enganos que me deixam desiludido

há vários tipos de enganos que se podem ter. há os enganos no resolver de uma qualquer operação matemática. são enganos que podem adulterar o resultado que procurávamos obter. são aquele tipo de enganos evitamos acontecer, acima de tudo se ainda formos estudantes. felizmente , hoje em dia, há as calculadoras que nos resolvem tantos problemas , menos os que a vida nos traz..

 quando vou às compras, tenho o péssimo hábito de não prestar grande atenção ao troco que recebo. quero é despachar-me e além disso faço confiança na pessoa que está do outro lado. é bem de ver que já me tramei algumas das vezes. bem feito para mim!! ninguém me manda não prestar mais atenção!! enganos nos trocos são muito fáceis de acontecer, até porque algumas moeditas são parecidas.

 quem me lê por aqui não se apercebe (espero eu )de como sou ''aldrabão'' a escrever a nossa língua portuguesa. no chat que frequento, transfiguro automaticamente a minha maneira de escrever. uso e abuso de abreviaturas, de kappas e de palavras ''inventadas'' tendo como base outras palavras existentes. algumas das vezes  faço questão de escrever mal, seja por facilitar o humor ou por tornar mais rápida a escrita.

um pormenor algo curioso é que detesto enganar-me a escrever uma palavra, mesmo quando sei perfeitamente que o modo como a vou escrever já implica que a palavra não ia ficar correcta. ex: em vez de escrever televisão querer escrever ''tuvizão'', mas por engano escrever ''tvizão''. opa fico logo em stress comigo mesmo e só não me agrido por ter medo de me aleijar.

aqui há dias atrás, cometi um engano que se não me fez corar , então pouco faltou. em vez de escrever que tinha alguém em muito boa conta escrevi que tinha alguém em muito boa con...a  (metam um piiiii. a letra ''tê'' não entrou). como um simples engano faz com que se diga uma asneira!!

onde há muitos enganos, é na área desportiva. são sempre muitos adeptos e especialistas a opinar sobre resultados e campeões, mas a verdade é que no final de um campeonato apenas alguns não se enganam nos clubes vencedores. eu tenho-me enganado nas previsões , desde a última vez que o Benfica foi campeão. vai ser de novo este ano!!! ou não.

 ainda no meio futebolístico, quem se engana muitas vezes é o árbitro. apita quando devia estar calado e  fica calado quando devia apitar. mas os jogadores não lhe ficam nada atrás. só lhes falta o apito, porque há deles que se enganam e não marcam golos de baliza aberta.

treinadores e dirigentes também são ''jeitosos'' no engano aos adeptos, iludindo-os que vão festejar títulos.

já devem estar a estranhar eu não referir também os políticos. a classe politica é mestre na engenhosa e elaborada ''arte'' do engano. tudo nos é prometido, mas no final pouco é cumprido. há aqueles que prometem ajudar o país, mas depois o abandonam para ocupar um belo cargo numa instituição europeia. outros há que prometem uns milhares de novos empregos e não subir impostos. no fim de contas sobe o desemprego e sobe o IVA.

foram eles que tiveram um engano inocente ou teremos sido nós a sermos tão inocentes que nos deixámos enganar?!!

fica a pergunta. quem quiser que responda.

há muitos mais tipos de enganos que podemos cometer ou que podem cometer connosco, para mim, o engano que me custa mais de aceitar e digerir é quando me apercebo que me enganei sobre alguma pessoa.

acontece muitas mais vezes na nossa vida, que as vezes que desejamos que aconteçesse. há pessoas que julgamos serem alguém em quem podemos confiar e algumas das vezes são essas mesmas que nos apunhalam. em relação a outros achamos que são sinceros connosco, até ao momento em que se descobre uma mentira e depois muitas outras.

também acontece o oposto. pensarmos o pior de alguém e afinal esse alguém ser muito melhor pessoa do que algum dia pensámos.

há enganos com o intuito de prejudicar e tirar partido deles..há enganos que têm como objectivo proteger alguém de uma verdade que se pensa ser, ou é mesmo, mais dolorosa que uma mentirinha enganadora.

seja qual for o tipo de engano, é garantido que numa próxima vez nos vamos defender desses enganos que minam a nossa capacidade de confiar nos outros. e ao ''jogar à defesa'' é provável que nos vamos enganar e ser injustos com alguém que não mereça.

se o nosso cérebro nos engana, então como podemos deixar de  ser 'enganados' por aquilo que o nosso coração nos diz!! e nestas coisas de confiança é sempre o coração quem mais ordena.somos guiados pelo instinto.

 

 

segredo revelado: não foi a primeira vez que me enganei em relação a alguém. e não deve de ser a última vez!! mais uma lição de vida que me vai fazer crescer e aprender!!

 

15.02.09

zombies-eles ''andem'' aí


segredo_revelado

hoje vi um zombie na minha casa!!já tinha visto alguns a vaguear nas ruas ruas e nos transportes públicos, nas segundas feiras de manhã(no inicio da semana de trabalho parecemos todos mortos vivos).ao contrário do que sempre pensei, é verdade que os zombies existem mesmo fora dos filmes de terror e nalguns dias estão presentes bem em frente dos nossos olhos. eles ''andem'' aí.

ontem deitei-me a umas horas já quase consideradas indecentes. nada de terem ideias estranhas!! indecentes por serem horas tardias e não por outro motivo qualquer. as horas a que me deitei foram de tal maneira tardias que já pertenciam ao dia de hoje quando ontem me deitei.

lá fui eu para a caminha.que fixe!! ainda ia conseguir cerca de 3 horas e ''picos''!!  esta manhã queria levantar-me cedinho para ir ver jogar a equipa onde joga o futuro Cristiano Ronaldo Português( que por acaso é meu sobrinho ).

adormeci em menos tempo que o diabo esfrega um olho e tal e qual um autêntico belo adormecido , esperei que o meu telemóvel me acordasse,, não com um terno e doce beijo, mas sim com um som irritante que serve para me despertar todas as manhãs.

depois de dar umas quantas voltas na cama, bocejar de 15 em 15 segundos e espreguiçar-me, lá me decidi a levantar-me. a preguicite para meter os pés (e o resto do corpo) fora da cama foi tanta que, à boa moda nacional, acabei por me atrasar.

vesti-me a ''correr'' (como fazem aqueles que dormem na casa da amante quando o marido dela chega de repente). nem conseguia acertar com os botões da camisa nas respectivas casas. depois fui ''disparado'' ( e já haviam pessoas que me esperavam, se calhar também com  vontade de disparar sobre mim, por estar atrasado) para a casa de banho para lavar esta cara que parece uma  máscara de Carnaval e para fazer o xixizinho matinal.

 quando olhei para o espelho lá estava o reflexo de um zombie!! pensei que estava a ter uma alucinação visual, mas quando voltei a olhar ele ainda lá estava. era assustadoramente parecido comigo. quase que podia ser meu gémeo, não fossem aqueles olhos vermelhos e esbugalhados que o zombie tentava manter abertos com muito custo. a sinistra figura tinha um aspecto de quem também estava atormentado.

a cada gesto meu, o zombie insistia em  imitar o que eu fazia. também lavou a cara, escovou os dentes e penteou-se. eu tentei abstrair-me da figura medonha que  via , mas nunca consegui. aqueles olhos tinham um ar mesmo assustador!!

felizmente conseguir manter a  calma suficiente para fazer o zombie desaparecer-me da frente. não usei cruzes,, nem padres, nem água benta, alhos ou estacas. para o fazer desaparecer, usei uma técnica muito simples e eficaz...

deixei de me olhar ao espelho!!

eu saí de casa num estado tão ''dormente''  que até tropecei num dos degraus interiores que a minha casa tem. foi um encontro imediato de 3º (de)GRAU.não cheguei a cair ,e ainda bem que não, pois seria um ''despertador'' violento e doloroso demais. mas do susto não me livrei.

depois de uma noite bem dormida, o meu aspecto já não é muito famoso, mas hoje estava tão mal encarado que me assemelhava a qualquer zombie, como aqueles do cinema.

ainda bem que o jogo que fui ver até foi animado.se fosse um daqueles jogos chatos em que não há lances de golo , eu acho que adormecia lá sentado na cadeira( era eu a dormir na cadeira e o Sr.. árbitro a ''dormir'' em campo.o ''home'' não marcava falta nenhuma).

está dificil de resistir a esta vontade de descansar as pestanas. já fechei os olhos uma série de vezes no espaço de tempo em que escrevi este post. resta saber se ainda são efeitos das poucas horas dormidas ou se é apenas um sintoma da leitura das coisas chatas que eu mesmo escrevo.

para acabar com as dúvidas vou dar por concluído este post. talvez aproveite e vá dormir a sesta.

 

 

 

 

 

segredo revelado: estou mesmo a ficar velhote!! já fico de rastos só por não dormir tanto tempo. algumas directas que fiz parecem tão distantes no tempo, que quase me convenço que foram noites em que não dormi por causa do terramoto de Lisboa, em 1755.

crianças não se esqueçam que deitar cedo e cedo erguer dá saúde e faz crescer!! opah até já se encontra conteúdo com utilidade pedagógica no meu blog. isto está a evoluir).
 

 

 

 

14.02.09

Dia de S.Valentim


segredo_revelado

14 de Fevereiro, dia de S.Valentim. um dia especial e de festejo para todos aqueles que estão apaixonados. muitos casais, mais, ou menos oficializados, aproveitam este dia para relembrar à pessoa amada o quanto ainda è forte o amor que os une.

qualquer dia è um bom dia para amar e ter gestos e palavras de amor, por isso também o dia de hoje seria sempre um bom dia para dizer a alguém que é amado, mesmo que a 14 de Fevereiro não estivesse associado este dia de S.Valentim.

porquê esta ''necessidade'' de deixar para um dia pré definido no calendário, atitudes e palavras, ou mesmo silêncios cúmplices, que seriam tão bem recebidos noutro dia qualquer do ano, assim como o são hoje??

 a meu ver( mesmo sem estar a usar os óculos. livrem-se de me chamar caixa de óculos!!!) faz muito mais sentido que se comemorem os nossos próprios dias especiais. aqueles dias que ficaram marcados por momentos importantes e inesquecíveis no decorrer de um relacionamento entre 2 pessoas que se ''descobrem'' e ''encontram'' à luz do Amor que os une (credo!! pareço quase a Margarida Rebelo Pinto a escrever).

o dia dos namorados tem muito mais de mostras de Amor , através de actos de consumismo desenfreado, do que por outros motivos quaisquer muito mais de elogiar .

há quem, por ser dia dos namorados e parecer mal não comprar um presente para a ''cara metade'', acabe enfiado num centro comercial (ou numa loja dos chineses) a comprar uma prenda qualquer. como nós Portugueses somos tão bons a guardar tudo para o último momento então é bem provável que seja mesmo a primeira coisa gira que nos apareça à frente, sem sequer pensar se a prenda vai de encontro ao gosto da pessoa para quem compramos.

até já ''mete nojo'' passar pelas lojas e ver tudo repleto de corações vermelhinhos e alusões ao dia de S.Valentim. a maioria dos lojistas nem deve saber quem foi esse Valentim (na melhor das hipóteses conhecem o major Valentim Loureiro) e muitos ''apexonados''  também não sabem. mas ambos , por motivos diferentes, sabem que no dia de S.Valentim é dia de dar uma prendinha.

é certo que não deve haver quem não goste de receber um presente, mas num dia como este, assim como em muitos outros dias durante o ano, o melhor presente que se pode dar entre 2 pessoas que se amam é a presença de um junto do outro, dizendo e mostrando o Amor pelo outro.. basta que estejam juntos para qualquer presente parecer insignificante.

o Amor não substitui tudo na vida, mas um presente, seja ele qual for, não substitui nunca um gesto ou uma palavra de Amor!!

apesar de ser um dia cheio de impulsos consumistas, deve ser aproveitado da melhor maneira pelos namorados. estarem juntos é o principal!! a partir de que consigam estar juntos há um monte de coisas que se podem fazer. pode-se passear, pode-se ir ao cinema, pode-se ir a um concerto, pode-se fazer aquela coisa que não se fez noutro dia por falta de tempo, pode-se até... ( sim, isso mesmo que pensaram).

para todos aqueles que vão passar este dia ''sozinhos'', aqueles que neste dia  não namoram nem estão casados com alguém, lembrem-se que por vezes mais vale só que mal acompanhado e mal amado também. resta esperar por dias melhores. assim que encontrem e se deixem encontrar pelo Amor ainda vão muito bem a tempo de festejar o vosso próprio dia dos namorados, nem que o festejem em todos os dias do ano menos no dia 14 de Fevereiro.

o dia dos namorados è como o Natal. ambos têm data marcada, mas podem ser quando o Homem quer!!

 

 

 

 

segredo revelado: eu pertenço ao grupo dos que não podem partilhar este dia com alguém. não sei quando, mas melhores dias virão. provavelmente quando esse dia chegar vou fazer exactamente as mesmas coisas ''pirosas'' que muita gente faz hoje.só espero lembrar-me de as fazer muitas mais vezes durante o ano .

 

 

 

  

12.02.09

Amor online


segredo_revelado

hoje, ao navegar pelas noticias do msn  deparei-me com uma noticia , no mínimo, curiosa!!

o titulo da noticia é chamativo quanto baste para incentivar a cuscar um pouco mais. titulo da noticia :

''O amor acontece… no messenger'' .

como sou utilizador do messenger decidi ler todo o texto para tentar perceber o que se  passa afinal no messenger.

segundo a noticia explica, parece que os portugueses são grandes fãs do namoro virtual online . 65% dos inquiridos num estudo feito pelo msn revelaram que preferem este tipo namoro virtual em desfavor do próprio namoro ''corpo a corpo''!!

será que o teclar também tem entoações de voz, trocas de olhares, sentir o toque de quem se ama, ..?? é que se tudo isso já for possível então quero reclamar e exijo ter um msn desses também.

as novas tecnologias podem ser uma boa forma de comunicar com outras pessoas , incluindo a pessoa amada, mas não será cair no exagero namorar ''friamente''' via msn , tendo a hipótese de o fazer pessoalmente?!! começo a sentir-me ultrapassado pela velocidade da mudança dos costumes.

ainda não há muitos anos (mas já há bastantes para me livrar de passar por isso) namorava-se á janela, ou com uma ''vela'' ( algum membro da família)a zelar para que ninguém passasse das marcas.hoje em dia, já chegámos á fase de namorar pela internet , agarrados ao teclado, em vez de namorar agarradinhos um ao outro. modernices!

ainda de acordo com o mesmo estudo, realizado em 16 países da Europa, Médio Oriente e África, 41% dos portugueses ,utilizadores do msn, já declararam o seu amor usando o messenger ou aplicações semelhantes.

41%!! 41 em cada 100 pessoas!!!! mas será possível que haja tanta gente a declarar-se desta maneira?!! faz-me impressão se isso acontecer mesmo e coloco logo 2 hipóteses para um valor tão elevado . ou duas pessoas não se conhecem pessoalmente e a distância física impede que uma das partes se declare duma outra maneira .ou alguém que se conhece pessoalmente, se esconde atrás dum monitor e dum teclado para conseguir dizer a alguém que sente algo muito especial. volto a ''bater no ceguinho''!! por que raio não o fazem em pessoa?!!

fica-se nervoso?? ah pois se fica!! as palmas das mãos transpiram? ah pois transpiram!! a voz fica trémula? ah pois fica!! é difícil olhar olhos nos olhos? ah pois é!! cora-se? ah pois cora!! o coração acelera feito louco? ah pois acelera!! (e é bem bom que acelere muito).

mas será que vencer e assumir essas coisas todas não constitui já por si uma grande prova de amor pela outra pessoa?! 

eu, que sou um tímido assumido, acho que vale a pena passar por tudo isso em nome de um amor . em ultimo caso  escreve-se uma carta ,ou telefona-se ou entrega-se um cartão junto com um presente.

o estudo refere também que 48% dos portugueses inquiridos usa o messenger para flirtar. não sei com que sentido usaram a palavra flirtar. se foi no sentido de flirt com a pessoa amada , ou se foii no sentido de flirtar com um desconhecido. flirts entre desconhecidos é coisa que abunda por essas 'internetes'' fora. alguns fazem um flirt inocente.. outros fazem um flirt ''predador'' em busca de mais uma ''presa'' que se deixe envolver.

na internet banalizou-se o uso de certas palavras. amor. amizade, carinho, amo-te, adoro-te, .. são ''ditas''' com  um á vontade desconcertante. usadas tantas vezes sem serem sentidas tornam-se simples palavras despidas do encanto e riqueza que está presente nos sentimentos que representam.

ainda de acordo com o mesmo estudo: 67 milhões de pessoas encontraram o amor na internet, 5 milhões de relações deram em casamento e 199 milhões deram em relações de longa duração. o estudo esqueceu-se de falar nos ''namoros'' virtuais que só deram foi ralações em vez de relações amorosas estáveis e com bases para subsistir.

houve um tempo em que não achava ser possível amar alguém que só conhecemos virtualmente mas hoje tenho uma opinião diferente , apesar de manter muitas reservas aos amores ''nascidos '' á primeira tecla. sou da opinião que o amor, seja em que forma for, precisa de tempo para ser amadurecido. e para isso é preciso tempo.

com o passar do tempo e á medida que as pessoas se conheçam então é mesmo possível que ''O amor acontece… no messenger'' .

 

 

 

segredo revelado: em  toda a nossa vida encontramos muitos conhecidos, alguns amigos e muito poucos amores. no msn é quase a mesma lógica mas numa proporção diferente. encontram-se imensos ''desconhecidos', alguns que podiam ser nossos conhecidos fora da internet, muito poucos amigos e um caso raro e verdadeiro de amor.

eu já encontrei  pessoas que se encaixam em todas estas categorias. restam alguns conhecidos, poucos mas bons amigos e uma saudade que teima em não passar!

 

Pág. 1/2